quarta-feira, abril 29, 2020

SUPERAR A CRISE

          Superar a crise, o que fazer?


Se antes da crise já era grande o endividamento dos empresários e pessoas físicas, chegando a 62 milhões de nomes negativados, o que fazer após a pandemia?

Bom, temos a crise geral que tirou liquidez das mãos dos consumidores que está sendo empoçada basicamente no sistema financeiro.

Os bancos perdem com a crise? Em principio não. Suas carteiras de empréstimos estão tendo  um alongamento pela postergação de pagamentos, mas os juros - suas receitas - continuam sendo contabilizadas.

No mais, quando a carteira seca, a primeira porta a se bater é na do banco, para quem tem cadastro.

Então os bancos continuam "vendendo" como nunca ! Alongando prazos, criando novas linhas, fidelizando clientes e ganhando novos.

Claro que muitos clientes quebrarão no meio do caminho, mas nada que afete um sistema bancário que cobra em um mês, o custo do dinheiro pelo ano todo.

E você empresario e pessoa física, o que fazer pós quarentena?

E claro que cada caso é um caso.  Restaurantes, comercio de bens duráveis, prestadores de serviços, industrias terão que encontrar sua próprias soluções.

O empresario, com certeza, está sendo obrigado a cortar gorduras, desperdícios, racionalizar procedimentos, criar novos produtos mais eficientes e econômicos.  
                               


EFICIÊNCIA E CRIATIVIDADE  X CRISE

Muitos fecharão seus negócios, mas  muitos desses voltarão a operar com mais eficiência e criatividade, as duas palavras chaves ressaltadas pelo COVID.

E essas empresas renascidas  ou "recauchutadas" serão mais competitivas, até para buscar espaço com produtos importados, seguindo na onda de  'NÃO COMPRE DA CHINA"!

FIDELIZAÇÃO! X CRISE

No comercio, haverá uma atenção maior com o cliente, buscando a sua fidelização, cuja importância foi descoberta também na crise.

Será dada uma atenção maior para a gestão de estoques. Não pode faltar, nem sobrar. 

CASH COW    X CRISE  

Foco nos produtos que os americanos chamam de "Cash Cow ", itens que embora com margens menores, giram rápido mantendo o caixa abastecido.

Todo empresario sabe, dinheiro no caixa = bons negócios !

Então você amigo empresario, já identificou os seus  "CASH COW s" ? 

Ahhh não tem  CASH COW ? ?? 

ENTÃO ! Use sua criatividade e implante tantos "CASH COW s" você conseguir.

Lembrando Cash COW é um produto/serviço de custo accessível a um grande numero de clientes com pronta entrega! 

É o famoso "Big Mac"...rsrs

Serve também para as outras áreas, inclusive serviços, com certeza.

MEDIDAS PRATICAS PARA EMPRESAS NA CRISE

– Possibilidade de suspensão ou redução de contratos de trabalho por dois ou três meses mediante a acordo individual e coletivo
– Flexibilização para a concessão de férias individuais, banco de horas e adiantamento de feriados durante o estado de calamidade pública
– Adiamento do pagamento da contribuição previdenciária ao INSS e recolhimento de Cofins, Pis e Pasep. Os pagamentos de abril serão quitados em agosto. Os pagamentos de maio, em outubro;
– Suspensão das contribuições para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por três meses, inclusive para empregadores domésticos. Valores de abril a junho serão pagos de julho a dezembro, em seis parcelas, sem multas ou encargos;
– Redução em 50% da contribuição das empresas para o Sistema S por três meses, de abril a junho;
– Adiamento da Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF) do 15º dia útil de abril, maio e junho para o 15º dia útil de julho.

Microempresas

– Adiamento, por seis meses, da parte federal do Simples Nacional. Os pagamentos de abril, maio e junho passaram para outubro, novembro e dezembro.
– Adiamento, por três meses, da parte estadual e municipal do Simples Nacional. Os pagamentos do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS, pertencente aos estados) do Imposto sobre Serviços (ISS, dos municípios) de abril, maio e junho passaram para julho, agosto e setembro.

Microempreendedores individuais (MEI)

– Adiamento das parcelas por seis meses. Os pagamentos de abril, maio e junho passaram para outubro, novembro e dezembro. A medida vale tanto para a parte federal como para parte estadual e municipal (ICMS e ISS) do programa.

E quanto aos meros mortais, as chamadas pessoas físicas??

O que fazer?

CRIATIVIDADE E INFORMAÇÃO X CRISE
   

Empresas


– Possibilidade de suspensão ou redução de contratos de trabalho por dois ou três meses mediante a acordo individual e coletivo
– Flexibilização para a concessão de férias individuais, banco de horas e adiantamento de feriados durante o estado de calamidade pública
– Adiamento do pagamento da contribuição previdenciária ao INSS e recolhimento de Cofins, Pis e Pasep. Os pagamentos de abril serão quitados em agosto. Os pagamentos de maio, em outubro;
– Suspensão das contribuições para o F (FGTS) por três meses, inclusive para empregadores domésticos. Valores de abril a junho serão pagos de julho a dezembro, em seis parcelas, sem multas ou encargos;
– Redução em 50% da contribuição das empresas para o Sistema S por três meses, de abril a junho;
– Adiamento da Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF) do 15º dia útil de abril, maio e junho para o 15º dia útil de julho.
- Fundo de Garantia do Tempo de Serviço

Microempresas


– Adiamento, por seis meses, da parte federal do Simples Nacional. Os pagamentos de abril, maio e junho passaram para outubro, novembro e dezembro.
– Adiamento, por três meses, da parte estadual e municipal do Simples Nacional. Os pagamentos do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS, pertencente aos estados) do Imposto sobre Serviços (ISS, dos municípios) de abril, maio e junho passaram para julho, agosto e setembro.

Microempreendedores individuais (MEI)


– Adiamento das parcelas por seis meses. Os pagamentos de abril, maio e junho passaram para outubro, novembro e dezembro. A medida vale tanto para a parte federal como para parte estadual e municipal (ICMS e ISS) do programa.
Pessoas fisicas
Nós, meros mortais pessoas fisicas,  também temos que usar a criatividade e a informação.

Bem primeiro vamos reconhecer que algumas categorias não estão sendo afetadas. 

Ou pelo menos, nem tanto.

Funcionários Públicos, Aposentados com boa renda, funcionários de serviços "essenciais", pessoas com boa poupança, profissionais liberais com alta renda, funcionários de bancos e Grandes empresas...

Ahhh, ia esquecendo os políticos!!!

MAS SE VOCÊ ESTÁ SOLTO NA CRISE

Se você não está nesse paraíso de felizardos, se você é um comerciante que está com as portas fechadas, ou funcionário de uma empresa pequena e já foi demitido, é um autônomo sem reservas, vive de alguns alugueis e os inquilinos não estão pagando...aí o carro pega.

Você está entre aproximadamente 40 milhões de brasileiros que não sabem o que fazer!!!

Sinceramente, não existe uma saída padrão, a não ser REZAR!

Sim, é fato ! A Oração é um poderoso meio de inspiração e bem estar. 

Não importa sua religião, ou mesmo se você não tem religião, mas acredita em Deus, Ser Supremo, a oração vai abrir canais no seu cérebro que certamente ajudarão você a entender melhor a situação e a buscar uma saída.

Faça uns momentos de meditação, ação reconhecidamente benéfica por todos os setores da psicologia, psiquiatria e medicina.

Dica:  assista um curto vídeo sobre a meditação. Este é muito interessante: https://youtu.be/0uTWzpQ4HL4

Muito bem, já está preparado para analisar a situação com calma ?

Agora pense positivo, reúna (pode ser virtualmente... rs)sua família.


 Exponha a situação e solicite opiniões de como sair do problema, o que fazer para seguir a vida..., como as pessoas (marido, mulher, filhos, irmãos, tios, avos)podem unir forças para vencer o inimigo comum : a falta do dinheiro agora e quando acabar a quarentena.

Depois procure amigos e pessoas que possam ajudar na orientação.

UM passo importante é falar com o gerente de um banco se você tiver conta.

Consulte sobre linhas de crédito de emergência. Consulte como prorrogar seu débitos. Renegocie sua fatura de cartão de crédito pedindo um prazo de carência para superação dos problemas da pandemia.

Pense em uma economia de guerra : corte tudo que é surperfluo, segure o pagamento das contas pelo prazo que for possível.

Graças a resoluções do Conselho Monetário Nacional (CMN), os principais bancos estão negociando a prorrogação de dívidas. Os agricultores e pecuaristas também poderão pedir o adiamento de parcelas do crédito rural. A Agência Nacional de Saúde (ANS) fechou um acordo para que os planos não interrompam o atendimento a pacientes inadimplentes até o fim de junho.

Contas de luz de clientes de baixa renda estão isentas de pagamento. A medida vale para consumidores que gastam até 220 quilowatts-hora (kWh) por mês;
– Operadoras de telefonia não devem cortar o serviço de clientes com contas e atraso, orienta a  Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Serviços interrompidos deverão ser restabelecidos em até 24 horas.

PENSE E SEGURE

O seu dinheiro não está entrando. Segure o saldo que ainda tem para itens essenciais : alimentos, remédios, gasolina,etc.

Suspenda o pagamento de tudo que não for essencial. Depois quando as coisas voltarem ao normal, você regulariza.

Saque o dinheiro para despesas essenciais, pois o banco poderá despesas não essenciais, como taxa de serviços, etc...

MÍDIAS SOCIAIS NA CRISE

Use com intensidade pois é gratuito. Seja ativo (a) . Ofereça seu trabalho, seu produto. 

Crie produtos caseiros, por exemplo, bolos, pratos, serviços diversos, como "marido de aluguel", lavar e passar roupas, cuidar de pets, baby sitters, etc, etc

Seja simpático (a), leve, alegre.

Alegria e bom humor são características valiosas no momento!!

BOA SORTE!! 

PS : Em tempos de crise tem muito valor a sua rede de contatos, suas amizades, seus parceiros de negócios, seus vizinhos, sua familia !

Abra-se para o mundo !



















Um comentário:

  1. Procura um empréstimo empresarial, um crédito pessoal, um crédito hipotecário, um crédito automóvel, um crédito estudantil, um crédito não garantido para consolidação, um financiamento de projectos, etc. Ou simplesmente recusa um empréstimo de um banco ou instituição financeira por um ou mais motivos? Somos as soluções certas para crédito! Oferecemos empréstimos a empresas e pessoas físicas com uma taxa de juros baixa e acessível de 2%. Portanto, se você estiver interessado em um empréstimo garantido e urgente. Para obter mais informações, envie um e-mail hoje: Via: Elegantloanfirm@hotmail.com. / whats-app +393511617486.

    ResponderExcluir

Se inscreva como membro deste blog e acompanhe assuntos de interesse geral, na área jurídica.

Sobre

Um espaço para abordar temas de interesse na área legal. Quem preferir pode entrar em contato reservadamente pelo formulário ou por email.

Visualizações de página